Tesouro Direto ou Poupança – Qual o ideal? Veja prós e contras de cada um!

Saber fazer investimentos é fundamental para quem deseja ter um rendimento sobre o dinheiro que está guardado. Mas com tantas opções de investimentos, é comum que algumas pessoas fiquem em dúvida sobre qual é a melhor, e por isso a seguir eu irei falar um pouco sobre tesouro direto e poupança para que você possa escolher o ideal para você.

Continue conosco e tire todas as suas dúvidas a seguir sobre esses excelentes investimentos de renda fixa.

Como funciona o rendimento da poupança e do tesouro direto?

tesouro direto ou poupança

Antes de escolher qual é o melhor investimento para você aplicar o seu dinheiro o ideal é que você saiba qual é o tipo de rendimento que cada um dos investimentos irá te trazer, pois assim será mais fácil decidir qual é a melhor opção para você.

A rentabilidade do tesouro direto irá variar conforme o tipo de título que você irá escolher para investir, que poderá ser o LFT, o LNT ou o NTNB.

O título LFT terá a rentabilidade conforme as variações da taxa Selic. O LNT irá ter uma rentabilidade conforme a taxa de juros estabelecida no ato da aplicação, nesta modalidade o investidor já irá saber qual é o valor que ele irá ganhar ao final do investimento. Já o NTNB consiste em um título pós-fixado no qual a taxa de rendimento irá variar conforme a variação da inflação.

Já no caso da poupança, o rendimento é feito conforme uma regra estabelecida pelo governo, e funciona da seguinte maneira:

  • Taxa Selic maior ou igual a 8,5% ao ano: Rendimento será de 0,5% ao mês + TR (Taxa Referencial)
  • Taxa Selic abaixo de 8,5% a.a: Rentabilidade 70% da Selic + TR

Atualmente temos a taxa Selic 6,5% ao ano, o rendimento da poupança em 4,55% ao ano. Sendo assim, desconsiderando a inflação o retorno efetivo da poupança é de apenas 1,79% no ano todo.

Quais são as suas principais diferenças?

Existem muitas diferenças entre o tesouro direto e a poupança, dentre as quais podemos destacar principalmente:

Segurança

Embora muitas pessoas acreditem que a poupança é um investimento completamente seguro, é possível dizer que o tesouro direto é mais seguro que ela, pois ele é um título público do órgão financeiro máximo do país e por isso não possui riscos de dar prejuízos ao investidor.

Já na poupança os depósitos podem ser bloqueados, como já ocorreu no governo de Collor.

Valor mínimo da aplicação

Ambos têm um baixo aporto inicial, mas existe uma diferença entre os valores mínimos necessários para a aplicação nesses tipos de investimentos, pois na poupança é possível aplicar a partir de 1 real, mas no tesouro direto a aplicação mínima é de 30,00.

Nesse caso a poupança acaba tendo uma leve vantagem em comparação ao Tesouro Direto. No entanto no Tesouro Direto o seu dinheiro rende mais.

Data de vencimento

Na poupança você não possui data de vencimento para a aplicação, porque trata-se de uma aplicação financeira. Já no tesouro direto você terá uma data de vencimento para o título.

Se você é aquele tipo de pessoa que não tem disciplina, aplicar o valor na cardeneta de poupança pode te atrapalhar e te deixar mais longe do seus objetivos, isso porque o dinheiro na poupança estará ao seu alcance a qualquer momento.

Tributação

Outra diferença muito importante entre esses dois tipos de investimentos é a tributação, pois não incide nenhum tipo de tributação sobre a poupança (rendimento bruto é igual ao líquido) mas no tesouro direto incide o IOF ( imposto sobre as operações financeiras) nos 30 primeiros dias e o Imposto de Renda (que é descontado na liquidação do investimento.)

Mesmo com as diferenças da tributação o rendimento líquido do Tesouro Direto ainda supera a caderneta de poupança. Assim sendo, analisando a situação de forma mais efetiva, é ainda sim válido pagar os impostos e obter retornos mais atrativos.

Imposto de renda

Como citamos acima a poupança não tem desconto de imposto de renda. No caso do Tesouro Direto o imposto de renda é cobrado apenas sobre os rendimentos do período e de forma regressiva, ou seja, quanto mais tempo você investir, menos você terá que pagar. Funciona da seguinte forma:

Porcentagem de IR sobre o rendimento Período de aplicação
22,5% Até 180 dias
20% Até 360 dias
17,5% Até 720 dias
15% Mais de 720 dias

Prós e contras do Tesouro direto

Como todo investimento, existem alguns prós e contras do tesouro direto, como:

Prós

  • Boa rentabilidade
  • Pode ser resgatado antes da data de vencimento
  • É seguro
  • Fácil de investir
  • Risco baixo
  • Liquidez de um dia
  • Investimento totalmente online
  • Possibilidade de investimentos em índices importantes da economia (Selic e IPCA)

Contras

  • Quando é vendido antes do vencimento pode diminuir a rentabilidade
  • Possui taxas e tributos
  • Precificação determinada pelo mercado
  • Tem valor mínimo para investimento

Prós e contras da poupança

Alguns prós e contras da poupança são:

Prós

  • Pode ser investido a partir de 1 real
  • Liquidez imediata
  • Segurança
  • Pode ser aplicado em qualquer banco
  • Não há cobrança de impostos ou taxas

Contras

  • Baixa rentabilidade
  • Não há alternativas para alocar o dinheiro

Qual oferece menos risco?

Ao optar pela aplicação no Tesouro Direto você opta pelo tipo de investimento de menor risco, justamente porque os títulos públicos são garantido pelo Tesouro Nacional. Ou seja, todo o seu dinheiro está garantido. Sendo assim, o Tesouro Direto é mais seguro e oferece menos risco do que a poupança.

Qual investimento tem mais liquidez?

Ao realizar um investimento um dos fatores a ser analisado é justamente e avaliado é a liquidez. A liquidez é capaz de determinar a facilidade e o tempo para resgatar o valor aplicado e os rendimentos.

Analisando dessa perspectiva, o tesouro direto é mais vantajoso. Isso porque diferentemente do que acontece com a poupança, ao solicitar o resgate do valor investido, ele estará disponível na conta em 1 dia útil. Na poupança, o repasse só pode ser feito na data do aniversário da aplicação.

Ou seja, entanto no Tesouro direto o valor é pago por dia, a poupança não, sendo assim, se você solicitar o resgate do valor no  29º dia do mês, você perde toda a sua rentabilidade do mês.

Qual escolher entre os dois?

Se você está em dúvida entre o tesouro direto e a poupança é possível dizer que embora a poupança seja segura e de liquidez imediata, vale mais a pena escolher o tesouro direto, pois ele também é um investimento completamente seguro e poderá trazer rendimentos muito maiores para você.

A poupança é ideal para quem deseja guardar dinheiro em curto prazo, ou seja, por uma semana ou um mês, mas quem deseja um investimento a médio e longo prazo terá mais rentabilidade ao aplicar no tesouro direto.

Além do mais, ao aplicar no tesouro direto você também terá três opções para escolher qual é o tipo que mais irá te trazer rentabilidade, enquanto na poupança você não possui opções para escolher.

Ainda ficou alguma dúvida sobre o tesouro direto ou poupança? Deixe um comentário que responderemos você!